Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Preâmbulo

Redes UNESCO em Portugal

 

Sementes de Paz: redes UNESCO em ação

sementes de paz

Sementes de Paz

Concerto de Natal

16 de dezembro, 19h00

Nesta época natalícia, o espírito de Paz que anima as redes UNESCO –Clubes UNESCO e Escolas Associadas – está ainda mais presente e manifesta-se com arte.

Através da música e da dança, terreno fértil de cultura, património, diálogo, solidariedade e inclusão, os Clubes e as Escolas Associadas da UNESCO, de norte a sul do país, estarão em Almada para partilhar connosco os frutos do seu labor em prol de um mundo melhor, um mundo que encontra nestas manifestações artísticas uma forma de exprimir os seus sentimentos, as suas emoções, mas também a sua adesão aos valores da UNESCO.

Contamos consigo no dia 16 de dezembro, no Cine Teatro da Academia Almadense, das 19h00 às 20h30.

O programa pode ser consultado aqui.

Produção de Figurado em Barro de Estremoz inscrita na Lista Representativa do Património Imaterial da Humanidade

estremoz patrimonio imaterial

A Produção de Figurado em Barro de Estremoz foi hoje inscrita na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

O Comité Intergovernamental da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial aprovou, na sua 12ª reunião, a candidatura da Câmara Municipal de Estremoz, considerando que esta “promoverá o respeito pela diversidade cultural e pela criatividade humana em geral, uma vez que encoraja o entendimento mútuo entre as comunidades que partilham algumas das características e modos de vida retratados pelas figuras”.

Ler mais: Produção de Figurado em...

Conferência “Património Cultural, Cidades Criativas, Cidades de Aprendizagem e Turismo Sustentável”

conferencia sintra

No próximo dia 15 de dezembro, irá decorrer a Conferência “Património Cultural, Cidades Criativas, Cidades de Aprendizagem e Turismo Sustentável”, organizada pela Comissão Nacional da UNESCO, em conjunto com a Câmara Municipal de Sintra. O evento terá lugar no Palácio Valenças, em Sintra, pelas 10h.

Esta Conferência, inserida no workshop “Capacitação de Comissões Nacionais da UNESCO de países de língua portuguesa – África e Timor-Leste”, realizado pela Comissão Nacional da UNESCO – Portugal, contará com diversos oradores que abordarão a relação do Turismo Sustentável com o Desenvolvimento, o Património Cultural, a Rede de Cidades Criativas e a Rede de Cidades de Aprendizagem.

Ler mais: Conferência “Património...

Portugal e a Agenda 2030

agenda 2030

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, em vigor desde 2016, visa o alcance de um Desenvolvimento Sustentável em todo o mundo, por todas as sociedades. Este desenvolvimento será atingido através do alcance de 17 objetivos económicos, sociais e ambientais, desdobrados em 169 metas.

No âmbito da implementação da Agenda 2030, Portugal trabalha para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), dando prioridade aos objetivos: Educação de Qualidade (ODS 4), Igualdade de Género (ODS 5), Indústria, Inovação e Infraestruturas (ODS 9), Redução das Desigualdades (ODS 10), Ação Climática (ODS 13) e Proteção da Vida Marinha (ODS 14).

Ler mais: Portugal e a Agenda 2030

Kit Dieta Mediterrânica

dieta mediterranica

A Dieta Mediterrânica foi inscrita na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade em 2010 por Espanha, Itália, Grécia e Marrocos e a classificação foi estendida a Portugal, Chipre e Croácia a 4 de dezembro de 2013. Ontem comemorou-se o quarto aniversário desta data.

No âmbito das comemorações, o Programa Nacional de Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS) e os seus parceiros lançaram o Kit Dieta Mediterrânica PNPAS, constituído por diversos materiais, entre os quais a Roda dos Alimentos Mediterrânica Interativa, o Manual – Padrão Alimentar Mediterrânico: Promotor de Saúde, posters informativos, livros e artigos.

Como o próprio nome indica, a Dieta Mediterrânica é característica dos países que se localizam na bacia do Mar Mediterrâneo, sendo um elemento da identidade cultural destes países e promovendo um estilo de vida saudável. De facto, a Dieta Mediterrânica não inclui apenas alimentos, produtos típicos, receitas e formas de cozinhar; também contempla conhecimentos, saberes-fazer, técnicas, celebrações, costumes, símbolos e tradições.

Ler mais: Kit Dieta Mediterrânica

Dia Mundial contra a SIDA

dia mundial contra a sida3

Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO

Por ocasião do Dia Mundial contra a SIDA

1 de dezembro de 2017

Neste Dia Mundial contra a SIDA, a UNESCO e o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/SIDA unem-se para apelar a um mundo onde todas as mulheres e homens consigam desfrutar da melhor saúde possível, livre de estigma e discriminação.

Por este motivo, temos que assegurar o direito à educação de qualidade para todos, já que dois destes objetivos – saúde e educação – são indissociáveis. Esta ligação está no centro da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e da Estratégia ONUSIDA 2016-2021.

Como delineado na Estratégia em Educação para a Saúde e Bem-Estar: Contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da UNESCO, a saúde e a educação fortalecem-se mutuamente: alunos saudáveis aprendem melhor e alunos que receberam melhor educação são mais saudáveis.

Ler mais: Dia Mundial contra a SIDA

Nova Candidatura a Geoparque Mundial da UNESCO

estrela aspiring

A Associação Geopark Estrela entregou o processo de candidatura a Geoparque Mundial da UNESCO junto da Comissão Nacional da UNESCO, a qual remeteu o mesmo ao Secretariado do Programa Internacional de Geociências e Geoparques, no passado dia 23 de novembro.

O coordenador executivo da Associação Geopark Estrela explica que a criação deste aspirante a Geoparque Mundial da UNESCO tem como objetivo o “desenvolvimento sustentável com base nos recursos e no potencial" do território e permitirá consolidar a Serra da Estrela “como um espaço de ciência, educação e cultura”.

Esta candidatura é o resultado de quatro anos de trabalho coordenado pelo Instituto Politécnico da Guarda, incluindo outras entidades oficiais, como, por exemplo, a Universidade da Beira Interior, o Fórum Português de Geoparques, o Comité Nacional para o Programa Internacional de Geociências da UNESCO, a Comissão Nacional da UNESCO e os nove municípios da região (Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia).

Ler mais: Nova Candidatura a Geoparque...

Portugal equipado com novo sistema de alerta de tsunami

tsunami

Depois de França, Turquia, Itália e Grécia, Portugal é o mais recente país da região do Atlântico Nordeste, Mediterrâneo e Mares Conectados (NEAM) a estar equipado com o novo Sistema Nacional de Alerta de Tsunami que irá emitir mensagens em caso de tsunami nas costas portuguesas ou na sua proximidade. Este novo sistema aumentará consideravelmente a capacidade europeia resposta a este tipo de catástrofe.

O novo serviço de alerta, que, nas palavras de Fernando Carilho, Diretor do IPMA, “depende de centenas de sensores instalados ao longo da costa portuguesa que podem detetar qualquer movimento terrestre ou deslocação de águas”, encontra-se no Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Conseguirá detetar qualquer sismo que afete a região e enviar informação relevante às autoridades portuguesas, que estão aptas a alertar as pessoas, através de mensagens e sirenes, para este risco 8 minutos antes de qualquer maremoto acontecer, o que permitirá a evacuação para áreas seguras.

Neste momento, há quatro Serviços de Alerta Prévio de Tsunami na região NEAM sob a coordenação da Comissão Oceanográfica Intersectorial da UNESCO. Os 39 países da NEAM que estão sob risco de tsunami podem subscrever este serviço. “Depende de cada país”, continua Fernando Carilho, “subscrever um sistema de alerta prévio. A título de exemplo, o novo serviço em Portugal possibilitará países da região do Atlântico Nordeste, como a Mauritânia, Marrocos, Irlanda, Reino Unido e França, beneficiar do nosso serviço se o subscreverem”.

Ler mais: Portugal equipado com novo...

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

orange the world

Mensagem da Diretora Geral da UNESCO

Por ocasião do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Não Deixar Ninguém para Trás: Eliminar a Violência contra as Mulheres e as Raparigas

25 de novembro de 2017

A 25 de novembro de 1960, três irmãs da família Mirabel foram brutalmente assassinadas na República Dominicana pelo seu ativismo contra a ditadura. Este é o dia escolhido pelas Nações Unidas para o mundo se insurgir contra a violência contras as mulheres.

O mundo mudou desde 1960, mas esta violação dos direitos humanos e da dignidade continua a ser um flagelo nas vidas de raparigas e mulheres em todo o mundo. Nenhum país é poupado, nenhuma sociedade é imune. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, uma em cada três mulheres sofre violência física ou sexual ao longo da sua vida, geralmente por parte de um companheiro masculino. As feridas físicas e psicológicas daí decorrentes são profundas. Estas violências afetam a saúde, a dignidade, a segurança e autonomia das vítimas, e enfraquecem o tecido social, prejudicando o desenvolvimento sustentável e inclusivo. Pior ainda, as raparigas e mulheres não têm recursos, nem qualquer acesso à justiça, sendo forçadas a continuar a viver sob a ameaça, frequentemente lado a lado com os agressores que, pela sua parte, gozam de impunidade.

Ler mais: Dia Internacional para a...

Dia Mundial da Tolerância

tolerancia

Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO

por ocasião do Dia Mundial da Tolerância

16 de novembro de 2017

“Tolerância é respeito, aceitação e apreço pela riqueza e diversidade das culturas do nosso mundo, pelas nossas formas de expressão e maneiras de manifestar a nossa qualidade de seres humanos.”

Esta afirmação provém da Declaração de Princípios sobre a Tolerância aprovada pela UNESCO em 1995. Num novo século, em novos tempos, esta visão nunca foi tão vital.

Em todo o mundo, as sociedades estão a passar por transformações profundas, ao mesmo tempo que a globalização se acelera, abrindo grandes oportunidades para o diálogo e a para a partilha. Também levanta novos desafios, incrementados pela desigualdade e pela pobreza, pelos conflitos persistentes e pelos movimentos populacionais. Hoje assistimos ao aumento de políticas de exclusão e de discursos de divisão. Vemos a diversidade a ser rejeitada como se fosse uma fonte de fraqueza. Vemos mitos e tradições de culturas “puras” a serem glorificados, alimentados pela ignorância e, por vezes, pelo ódio. Vemos outros a serem reprimidos e reduzidos a bodes expiatórios. Vemos ataques terroristas bárbaros levados a cabo para enfraquecer o tecido da “vivência comum”.

Ler mais: Dia Mundial da Tolerância

Bandeira Comissão Nacional da UNESCO

Contactos

Largo das Necessidades
1350-215 Lisboa
Portugal

(+351) 213 946 652
cnu@mne.pt

Mais informação

Ligações úteis

logoCNUencolhido

facebook

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2015

PLANO DE ATIVIDADES 2016

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2016

__________________________________

  BibCNU

Catálogo CNU online

rsz unesco

Estão Abertas candidaturas para postos vagos na UNESCO

Ver postos

ods

rsz 1images 

FAO PT

Logotipo Instituto Diplomático

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Carreiras Internacionais

dgpc fundo preto

Logotipo Turismo de Portugal

rsz literaciamed

bibliotecamundig

UNRIC

1 cnj geral

rsz 1ipdj

 

ods

Conheça os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. VER

guiaodspq

Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. VER

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). VER

Plataforma de Conhecimento - Desenvolvimento Sustentável. VER

Fórum de Alto Nível Para o Desenvolvimento Sustentável. VER

Divisão para o Desenvolvimento Sustentável. VER

guia jovens ods

Materiais de Comunicação (posters, ícones,etc.). VER

Recursos sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. VER

A Agenda 2030 (vídeo). VER

A Agenda 2030 em Portugal. VER

Portugal e o Desenvolvimento Sustentável. VER

Relatório Nacional sobre a implementação da Agenda 2030. VER

Relatório Nacional sobre os ODS. VER

reading the past writing the future

Relatório Mundial de Monitorização da Educação (2016). VER

Relatório Mundial de Monitorização da Educação (2017/2018). VER

a maior licao do mundo

Projetos d'A Maior Lição do Mundo. VER

escolassolidarias

correio da unesco