trabalharna UNESCO

© unesco

Existe um conjunto de oportunidades de trabalho na UNESCO, nomeadamente nas áreas das principais áreas de ação desta Organização: educação, ciências, cultura e comunicação. No entanto também oferece possibilidades de emprego noutras áreas profissionais como a administração, as finanças, os recursos humanos ou a informática.

A perícia, o profissionalismo, a aptidão para trabalhar numa organização intergovernamental internacional e um ambiente multicultural, o multilinguísmo bem como o espírito de equipa e o diálogo são valores comuns às diferentes profissões da UNESCO.

Em grande parte dos postos, a mobilidade é a palavra de ordem. Quem trabalha para a UNESCO deve estar preparado para a mobilidade internacional, para trabalhar na Sede da Organização em Paris (França) mas também nos seus escritórios fora da Sede em todo o mundo.

As várias possibilidades de trabalho na UNESCO são as seguintes:

POSTOS PROFISSIONAIS

Participa na ação global da UNESCO assumindo, na Sede ou nos escritórios fora da Sede, a coordenação necessária ao planeamento e à implementação dos diferentes programas e projetos da Organização.

Ver os postos vagos.

 

TRADUTOR - INTERPRETE

Em função das suas competências e da sua experiência, pode juntar-se ao núcleo permanente dos tradutores e intérpretes da UNESCO ou à equipa de tradutores independentes.

Saber mais...

 

SERVIÇOS GERAIS

Assume tarefas técnicas ou administrativas para o conjunto dos serviços da UNESCO, na Sede ou nos escritórios fora da Sede, em função do seu lugar de residência.

Saber mais...

 

ASSISTENTE TEMPORÁRIO

A UNESCO emprega ocasionalmente pessoal temporário em domínios variados, na Sede ou nos escritórios fora da Sede, no mundo inteiro.

Saber mais...

 

JOVENS QUADROS

Todos os anos, o Programa Jovens Quadros oferece cerca de 10 lugare a jovens diplomados ou quadros em início de carreira, originários de país não-representados ou subrepresentados.

Este Programa é exclusivamente reservado a jovens com menos de 32 anos e a candidatura deve ser enviada para a sua Comissão Nacional. As candidaturas enviadas diretamente para a sede da UNESCO não serão consideradas.

 Portugal tem atualmente uma representação considerada normal, pelo que não poderá apresentar candidatos ao referido programa enquanto esta situação se mantiver.

PERITO ASSOCIADO

Com menos de 32 anos e oriundo de um país que contribua para o Programa Peritos Associados, poderá aprofundar a sua experiência profissional por um período de dois anos, na Sede ou num dos escritórios fora da Sede.

Portugal não está atualmente a aplicar este Programa.

Saber mais...

 

ESTAGIÁRIO

Estudante titular de um primeiro diploma universitário, investigador ou funcionário nacional em exercício, pode efetuar um estágio de um a três meses na Sede da UNESCO em Paris ou num dos escritórios fora da Sede.

Saber mais...

  • Partilhe