Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Novos olhares no Mosteiro da Batalha

rsz200 batalha

 

O visitante cego já tem ao seu dispor, a partir de hoje, informação geral em Braille sobre a história do monumento.

Está igualmente a ser testado um guião de visita em Braille, com imagens e plantas em relevo, para permitir ao visitante cego a percepção do espaço de visita, com referência a algumas particularidades históricas e arquitetónicas.

Este projeto de promoção da inclusão, resulta de uma parceria entre o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (ESECS/Instituto Politécnico de Leiria) e o Serviço Educativo do Mosteiro da Batalha, com coordenação da Professora Célia Sousa (CRID) e da Drª Rita Quina (Mosteiro da Batalha).

Em preparação está, igualmente, um guião pictográfico, com vista à inclusão de visitantes com outro tipo de necessidades, e um guião de visita em linguagem gestual para incluir no site do Monumento. O lançamento deste material está previsto para Setembro, no âmbito das Jornadas Europeias do Património.