Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Criação do Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja

 

logo

 

O Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Imaterial foi criado em Beja, por um conjunto de parceiros, nomeadamente a Câmara Municipal de Beja, a Direção Regional de Cultura do Alentejo, o Centro Nacional de Cultura, a Fundação Aga Khan, o Sindicato dos Músicos e Profissionais do Espetáculo e do Audiovisual e a MODA - Associação do Cante Alentejano e a Confraria Gastronómica do Alentejo com o objetivo de “contribuir para uma melhor compreensão do património imaterial" e promover, estudar e divulgar a música tradicional, nomeadamente o cante alentejano, a literatura e a história popular.

Colaborar com instituições locais, regionais, nacionais ou internacionais em ações ligadas com os objetivos da UNESCO e com a Direção-geral do Património Cultural na concretização do inventário do património imaterial são outras das atribuições.

O centro tem também como atribuições sensibilizar as comunidades para a importância da salvaguarda do património imaterial e aumentar a sua participação nesta área e criar e desenvolver parcerias e redes para estabelecer programas de investigação para "colmatar lacunas de conhecimento em gestão de património imaterial".

Estabelecer um sistema de informação para apoiar a identificação e a documentação de património imaterial, facilitar o trabalho em rede entre profissionais e instituições ativos na salvaguarda do património imaterial e criar residências para especialistas e investigadores ligados ao estudo e à salvaguarda do património imaterial são também atribuições do centro.

Mais informações sobre Centros e Clubes UNESCO.