Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Dia Mundial da Ciência

cartaz ciencia

 Mensagem da Senhora Irina Bokova

Diretora geral da UNESCO

por ocasião do Dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento

10 de novembro de 2016

Em 2016, o Dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento é dedicado ao tema “Celebrar os centros e os museus de ciências”.

O nosso ponto de partida é claro. A Ciência ocupa um lugar central na Agenda 2030 para o Desenvolvimento sustentável, na Agenda de Ação de Addis Abeba, no Quadro de Ação de Sendai e no Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas. Estes Acordos refletem uma nova visão da prosperidade, da paz e o Planeta, para que cada sociedade possa criar e partilhar conhecimentos, cultivar todas as fontes de inovação e criatividade e traçar um caminho mais inclusivo, sustentável e justo para o futuro. Para atingir estes objetivos é necessário ampliar cada vez mais a Ciência e estreitar os vínculos entre esta e a sociedade.

É por isso que os centros e os museus de ciências são tão importantes, para fomentar a capacitação, realizar atividades de promoção e transmitir uma mensagem firme sobre a importância da Ciência para o desenvolvimento sustentável.

Os centros e museus de ciências desempenham a função essencial de suscitar a curiosidade das mulheres e dos homens, por serem laboratórios vivos de criatividade e de favorecerem a investigação e a procura de soluções para ajudar as sociedades a responderem aos seus problemas. Nesta era digital, em que necessitamos de iniciativas inovadoras para promover a aprendizagem da Ciência fora da sala de aula, os museus e os centros de ciências são locais educativos de exceção. Constituem uma forma excelente de encorajar as crianças, especialmente as meninas, a prosseguirem carreiras na área das ciências, a fim de multiplicarem as nossas capacidades científicas coletivas.

Em novembro de 2015 a UNESCO aprovou a Recomendação relativa à proteção e promoção dos museus e coleções, sua diversidade e sua função na sociedade, de alcance mundial,

reforçando assim o seu compromisso em mobilizar os museus na sua qualidade de agentes-chave da paz e do desenvolvimento sustentável.

Este ano, ao celebrar o Dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento, impulsionamos este compromisso com a Associação de Centros de Ciência-Tecnologia e com o Conselho Internacional de Museus, a fim de cultivar e de partilhar o saber científico.

Os museus e centros de ciências são plataformas para o diálogo, para a compreensão e para a resiliência. Geram faúlhas de prazer e curiosidade que inspiram todos os visitantes, qualquer que seja a sua idade e proveniência, numa experiência que une todas as mulheres e homens em torno de valores comuns.

Com este objetivo, convido todos os parceiros e governos a fazerem tudo o que estiver ao seu alcance para apoiar, promover e aproveitar todo o potencial dos museus e centros de ciências com vista a moldar um futuro mais inclusivo e sustentável para todos.*

Irina Bokova

*traduzido a partir da versão original Inglesa e Espanhola