Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

4º Encontro Nacional de Centros e Clubes UNESCO

Teve lugar nos dias 16 e 17 de setembro de 2016, no Hotel Parque Serra da Lousã, em Miranda do Corvo, o 4º Encontro Nacional de Centros e Clubes UNESCO.

Os Centros e Clubes UNESCO são grupos de pessoas (associações sem fins lucrativos, ONG, universidades, fundações, círculos culturais, sociais e administrativos da comunidade), de todas as idades, de todos os horizontes, de todas as condições, que se reveem nos ideais desta agência especializada do sistema das Nações Unidas e desejam juntar-se à Organização e apoiá-la na sua missão.

Têm como objetivo promover a UNESCO e os seus programas, propagar os seus ideais através de atividades inspiradas nas atividades da Organização, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros e das comunidades locais, apoiar os direitos humanos, favorecer a compreensão internacional e o diálogo entre os povos, difundir informação junto do público.

A rede portuguesa é coordenada pela Comissão Nacional da UNESCO e reúne-se anualmente com o objetivo de dar a conhecer as suas áreas de intervenção, projetos e atividades, partilhar ideias e reflexões e estabelecer contactos com vista à cooperação no âmbito de projetos futuros.

O 4º Encontro reuniu cerca de 60 participantes e contou com a intervenção do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, da Presidente da Comissão Nacional da UNESCO, Ana Martinho e do Presidente da Fundação ADFP, Jaime Ramos.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros sublinhou o importante papel dos Centros e Clubes UNESCO na construção de uma ideia de humanidade baseada na partilha de conhecimento e na reflexão sobre bens e valores comuns.

A Presidente da Comissão Nacional da UNESCO destacou o espírito de união e ação da sociedade civil, através dos Centros e Clubes UNESCO, em prol de uma sociedade mais justa e inclusiva e apelou ao prosseguimento de iniciativas potenciadoras de conhecimento, tolerância e paz.

Durante um dia e meio de trabalhos, 20 Centros e Clubes tiveram a oportunidade de apresentar as suas atividades nas mais variadas áreas: património mundial, património material e imaterial, arquitetura e arte religiosas, educação artística e cultural, biodiversidade, tradições, desenvolvimento sustentável, paremiologia, diálogo entre gerações, juventude, inclusão, terapia assistida por equinos, valores, direitos humanos.

Apesar da diversidade de temáticas, destacam-se algumas palavras recorrentes na maioria das apresentações: comunicação, ação, união, intercâmbio, partilha, humanidade, humanismo, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, valores, felicidade. Estas palavras traduzem o espírito que está na base da criação da UNESCO e a visão e os valores que estão presentes e são transversais a todas as suas áreas de intervenção.