Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

A 41ª reunião do Comité do Património Mundial decorreu em Cracóvia, Polónia, de 2 a 12 de julho de 2017

41sessaopm.docx

Durante a 41ª reunião, o Comité inscreveu 21 novos sítios na Lista do Património Mundial da UNESCO e procedeu à alteração de limites de 5 sítios já inscritos na Lista.

As novas inscrições elevam a 1.073 o número total de sítios na Lista do Património Mundial, destacando-se a inscrição de sítios em dois países ainda não representados: Angola e Eritreia.

O Comité adicionou ainda um sítio à Lista do Património Mundial em Perigo e removeu outros três sítios desta Lista.

Os novos sítios naturais são:

Os novos sítios culturais são:

As extensões aos sítios existentes são:

O Comité decidiu ainda a redução significativa no limite do sítio Catedral de Bagrati e do Mosteiro Gelati e retirou o Gelati Monastery  (Geórgia) da Lista do Patrimônio Mundial em Perigo.

O Comité do Património Mundial também aprovou a retirada de 2 sítios naturais da Lista do Património Mundial em Perigo: os Parques Nacionais de Simien Simien National Park  (Etiópia) e de Comoé Comoé National Park (Costa do Marfim).

O Centro Histórico de Viena (Historic Centre of Vienna) (Áustria), por outro lado, foi adicionado à Lista do Património Mundial em Perigo.

A Cidade Velha de Hebron / Al-Khalil foi inscrito simultaneamente na Lista de Património Mundial e na Lista de Património Mundial em Perigo.

Em síntese, após esta 41ª reunião do Comité de Património Mundial:

Estão inscritos 1073 sítios de 167 Estados parte sendo que 37 sítios são transfronteiriços, partilhados entre dois ou mais Estados.

Destes 1073 sítios, 832 são culturais, 206 naturais e 35 mistos.

Foram considerados em perigo 54 dos 1073 sítios.

Mais informações aqui.