mediacao 0

Na edição deste ano do Concurso Media@ção foram recebidos 120 trabalhos, 102 na categoria 3.º ciclo/secundário e 18 na categoria 1.º/2.º ciclos do ensino básico, dos quais 112 em formato vídeo, 5 em formato podcast e 3 em formato spot publicitário.

Num contexto global de fechamento ao Outro que se manifesta no terrorismo internacional, no fenómeno dos refugiados, no exacerbar de alguns nacionalismos e em muito discurso de intolerância que circula nas redes sociais, o concurso Media@ção 2019 teve por objeto a relação Media, democracia e tolerância.

De acordo com os critérios definidos no regulamento e a análise dos trabalhos efetuada, o júri do concurso Media@ção, constituído por representantes da Comissão Nacional da Unesco (CNU), Direção-Geral da Educação (DGE), Fundação Altice Portugal, Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027), Presidência do Conselho de Ministros (PCM) e Rede de Bibliotecas Escolares, decidiu atribuir os seguintes Prémios e Menções:

Prémios

Categoria 1.º/ 2.º ciclos do ensino básico

Título: Saber o que é importante
Autores: Leonor Gonçalves, Lara Portugal e Isabel Hooper
Professor orientador: Sofia Riquito
Colaboração: Lorena, Matilde, Tiago e prof. Clara
Agrupamento de Escolas de Vouzela | Centro Escolar de Queirã

Categoria 3.º ciclo/ secundário
Título: Rastilho
Autores: Helder Manuel Alves, José Daniel Machado e Mariana Carvalho
Professor orientador: Pedro Monteiro
Colaboração: turma 9.ºD e prof. Albino Alves
Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto | Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto


Menções Honrosas

Categoria 1.º/ 2.º ciclos do ensino básico
Título: Juntos, vamos colorir o mundo!
Autores: Matheus Mozzini Sinoti, Carolina Gonçalves Correia
Professor orientador: Teresa França
Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior | Escola Básica de Ribeiros, São João da Madeira

Categoria 3.º ciclo/ secundário
Título: Roubo de Identidade
Autor: Diogo Miguel de Oliveira
Professor orientador: Anabela Santos Soffel Lemos
Colaboração: Maria Carolina Almeida Silva e Vítor Alexandre Montes Garcia
Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano | Escola Básica Alexandre Herculano, Santarém

Título: What if …
Autores: Filipa Silva, Inês Ferreira e Patrícia Oliveira
Professor orientador: Manuela Pinto
Colaboração: turmas 11.º I, 12.º I e K
Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado | Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, Vila Nova de Famalicão


Título: Discurso do ódio
Autores: alunos do curso Eletricistas de Instalações
Professor orientador: Margarida Jorge
Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, Rio Maior | Estabelecimento Prisional de Alcoentre

Título: Terrorismo Autor: Ana Rita Vieira
Professor orientador: Carla Gonçalves
Agrupamento de Escolas Dra. Laura Ayres | Escola Básica de Quarteira

Título: Media para o bem
Autores: Inês Pereira, João Pereira e Maria Francisca Professor orientador: Lurdes Dias
Colaboração: turma 8.ºE
Agrupamento de Escolas de Penacova | Escola Básica e Secundária de Penacova

Título: Web horror Autor: André Costa
Professor orientador: Bárbara Santos
Agrupamento de Escolas Queluz-Belas| Escola Básica e Secundária Padre Alberto Neto, Queluz, Sintra

Título: A tolerância
Autores: Diogo, Henrique e Tomás Professor orientador: Sílvio Grilo
Agrupamento de Escolas de Valpaços | Escola Secundária de Valpaços

Título: Ser europeu é ser tolerante
Autores: João Carneiro, José Martins, Miguel Carneiro
Professor orientador: Rui Baltazar
Colégio dos Plátanos, Rio de Mouro, Sintra

Prevê-se que a entrega dos Prémios e Menções ocorra na última semana de junho, em Lisboa, em dia e local a confirmar.
A divulgação dos trabalhos nomeados está sujeita a autorização expressa dos alunos e dos seus encarregados de educação.

À medida que formos recebendo essas autorizações, os trabalhos irão sendo disponibilizados no canal Youtube do concurso, na lista Media@ção 2019. Nessa mesma lista será colocado um outro conjunto de trabalhos ao qual o Júri não atribuiu a distinção dos anteriores e que, inclusive, podem apresentar alguma fragilidade mas que, mesmo assim, foram considerados merecedores de reconhecimento e publicação.

17-05-2019

  • Partilhe