Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Nova Candidatura a Geoparque Mundial da UNESCO

estrela aspiring

A Associação Geopark Estrela entregou o processo de candidatura a Geoparque Mundial da UNESCO junto da Comissão Nacional da UNESCO, a qual remeteu o mesmo ao Secretariado do Programa Internacional de Geociências e Geoparques, no passado dia 23 de novembro.

O coordenador executivo da Associação Geopark Estrela explica que a criação deste aspirante a Geoparque Mundial da UNESCO tem como objetivo o “desenvolvimento sustentável com base nos recursos e no potencial" do território e permitirá consolidar a Serra da Estrela “como um espaço de ciência, educação e cultura”.

Esta candidatura é o resultado de quatro anos de trabalho coordenado pelo Instituto Politécnico da Guarda, incluindo outras entidades oficiais, como, por exemplo, a Universidade da Beira Interior, o Fórum Português de Geoparques, o Comité Nacional para o Programa Internacional de Geociências da UNESCO, a Comissão Nacional da UNESCO e os nove municípios da região (Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia).

O Programa Internacional de Geociências e Geoparques da UNESCO conta atualmente com 127 Geoparques Mundiais da UNESCO, quatro deles em Portugal (Naturtejo da Meseta Meridional, Arouca, Açores e Terras de Cavaleiros).

Espera-se que a decisão final da UNESCO venha a ser conhecida na primavera de 2019.