premio guine equatorial

Este prémio visa premiar projetos e atividades levados a cabo por um ou mais indivíduos, instituições, Organizações Não-Governamentais, entre outras entidades, no campo da investigação cientifica das Ciências da Vida, que tenham contribuído para a qualidade da vida humana. Visando encorajar a investigação bem como o estabelecimento e desenvolvimento de Redes de Centros de Excelência em Ciências da Vida, os/as candidatos (as) deverão ter contribuído significativamente para a investigação neste domínio.

Serão selecionados três candidatos(as), no máximo, pela Diretora-Geral da UNESCO com base na análise e recomendações feitas pelo júri internacional que compõe este Prémio. Os (as) vencedores (as) receberão um prémio monetário no valor de US $350,000 repartido entre estes (as), bem como um diploma e uma estátua intitulada “Integração Tribal” do artista Leandro Mbomio.

Quando?

De notar que as candidaturas deverão ser submetidas a esta Comissão Nacional da UNESCO, de acordo com as orientações e critérios estabelecidos no regulamento do referido Prémio, até ao dia 1 de abril de 2019, para cnu@mne.pt e elizabeth.silva@mne.pt.

A Comissão Nacional da UNESCO fará uma pré-seleção das candidaturas recebidas, já que cada Estado-Membro só pode remeter até cinco candidaturas à UNESCO. Posteriormente, as candidaturas selecionadas serão remetidas por esta Comissão ao competente setor da Organização, até ao dia 15 de maio de 2019.

Regulamento: 

Para mais informações, consultar em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000366778.locale=en

https://en.unesco.org/stem/lifesciences-prize

 

  • Partilhe