Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Bibliotecas Associadas

 

A UNAL foi criada em 1990 para promover a cooperação entre as bibliotecas públicas para construir a compreensão internacional e estabelecer contatos entre as bibliotecas do norte e do sul.

OBJETIVO

O principal objetivo da UNAL é encorajar as bibliotecas que estão abertos ao público para realizar atividades em domínios da UNESCO, como a promoção dos direitos humanos e da paz, do diálogo cultural, a proteção do ambiente, a luta contra o analfabetismo, etc .

Mais de 500 bibliotecas em todo o mundo são membros da Rede.

REDE DE BIBLIOTECAS ASSOCIADASEM PORTUGAL

1. Biblioteca Municipal José Saramago, Beja

2. Biblioteca Municipal Raul Brandão, Guimarães

3. Biblioteca Municipal de Alcochete

4. Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Porto

5. Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, Torres Novas

6. Biblioteca Municipal de Olhão

7. Biblioteca Municipal de Sines

8. Biblioteca Municipal Simões de Almeida, (tio) Figueiró dos Vinhos

9.Biblioteca Municipal Eugénio de Andrade, Fundão

10.Biblioteca Municipal da Batalha

11.Biblioteca Municipal de Loulé

12. Biblioteca Municipal Rocha Peixoto da Póvoa de Varzim

13. Biblioteca Municipal de Montalegre

14. Biblioteca Municipal de Silves

15. Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva de Espinho

16. Biblioteca Pública e Arquivo Histórico de Angra do Heroísmo

17. Biblioteca Municipal de Santarém

18. Bilbioteca Municipal de Sever do Vouga

BIBLIOTECAS EM PROCESSO DE ADESÃO

Biblioteca Municipal de Aveiro

Biblioteca Municipal de Ílhavo

Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital

Bilbioteca Municipal da Azambuja

Bilbioteca Municipal José Régio

Biblioteca Municipal Doutor José Vieira de Carvalho, Maia

COMO ADERIR À REDE DE BIBLIOTECAS ASSOCIADAS DA UNESCO

As Bibliotecas que pretendam integrar a Rede UNAL têm de partilhar os ideais da UNESCO e a vontade de empreender atividades próprias.

É desejável que disponham de instalações que respondam adequadamente às atuais exigências de funcionalidade e que estejam bem enraizadas na comunidade em que se inserem, devendo a biblioteca permanecer na Rede pelo menos por 2 anos.
As atividades que podem ser desenvolvidas no âmbito da Rede UNAL são as que já são oferecidas na programação da maioria das Bibliotecas pertencentes à Rede Nacional de Leitura Pública, através dos meios e iniciativas ao seu alcance e que sejam adequados ao público que cada Biblioteca serve. Ainda assim, há 2 grandes grupos de atividades que são consideradas as mais indicadas para as Bibliotecas e que são, por um lado, a atividade expositiva – sejam exposições bibliográficas, de cartazes, fotografias ou outras – e por outro, a promoção de palestras, colóquios ou debates sobre as diferentes áreas de trabalho da UNESCO. Podem ainda ser dinamizados outros formatos, como eventos literários diversos, onde se incluem a leitura de poesia ou encontros com autores.

Deverão ainda preencher um formulário de candidatura que a CNU remeterá ao competente setor da UNESCO.

Ver mais

          

© UNESCO/Dominique Roger               @UNESCO

Hand holding a book