A criação da Rede das Cidades de Aprendizagem foi aprovada em 2013, na Declaração de Pequim sobre Aprendizagem ao Longo da Vida para todos: promover a inclusão, a prosperidade e a sustentabilidade nas suas cidade.

A Rede integra cidades capazes de responderem às necessidades de aprendizagem dos seus cidadãos de utilizar os recursos de uma cidade de forma mais eficaz e assim proporcionar oportunidades de aprendizagem aos seus cidadãos de promover a igualdade, a justiça social, manter a coesão social, e de criar uma prosperidade sustentável.

A Rede encontra-se aberta à adesão de todas as cidades empenhadas na promoção da aprendizagem ao longo da vida, não existindo o requisito de um número fixo de habitantes por localidade.

 

O que fazem as cidades de aprendizagem?

Promovem uma aprendizagem inclusiva desde a educação básica ao ensino superior

Revitalizam a aprendizagem nas famílias e no local de trabalho

Melhoram a qualidade e a excelência na aprendizagem

Fomentam uma cultura de aprendizagem ao longo da vida

 

Rede das Cidades de Aprendizagem em Portugal:

Câmara de Lobos

Mação

Cascais

Anadia

Lagoa (Açores)

Praia da Vitória

Gondomar

Pampilhosa da Serra

 

Até ao dia 30 de abril encontram-se abertas as candidaturas para adesão à Rede das Cidades de Aprendizagem 

- Formulário de candidatura

O formulário preenchido deverá ser enviado para: cnu@mne.pt

 

  • Visualiza aquio Folheto das Cidades de Aprendizagem da UNESCO
  • Partilhe