Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Transformações sociais

Na era da globalização, as transformações sociais ocorrem a um ritmo cada vez mais acelerado. Fenómenos como as mudanças climáticas, crises económicas, conflitos armados, migrações e desastres naturais têm uma enorme influência nas sociedades, causando muito frequentemente um aumento das desigualdades, da pobreza, da exclusão e de violações dos Direitos Humanos.

Torna-se urgente encontrar soluções para estes problemas e para prevenir o seu aprofundamento e/ou surgimento em novas regiões do globo. Os mecanismos de prevenção e resolução têm de ser baseados em valores como a paz, a inclusão, a dignidade humana e a igualdade e promover o entendimento mútuo, a tolerância e a aceitação da diferença.

transformacoes sociais2

A UNESCO tem vindo a desenvolver diversas iniciativas promotoras da inclusão social, com o objetivo de contribuir para a erradicação da pobreza, da discriminação e da intolerância. Estas metas, que vão ao encontro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, requerem um trabalho conjunto dos governos e de todos os membros da sociedade civil para que haja uma aproximação das diferentes culturas e resolução dos problemas sociais como a discriminação, o racismo e a desigualdade.

Entre os projetos existentes destaca-se o Programa MOST (Gestão das Transformações Sociais), um programa científico intergovernamental para as ciências sociais que pretende promover redes entre governos, a comunidade científica e a sociedade civil que conduzam a mudanças sociais positivas. Este programa tem duas grandes prioridades: a inclusão social e as transformações sociais causadas pelas mudanças climáticas.

A UNESCO tem também um Laboratório de Políticas Inclusivas, que visa apoiar a construção de políticas que promovam a inclusão social nas diferentes áreas. Este Laboratório desempenha um papel importante nas áreas da formação e do apoio a equipas de criação de políticas inclusivas.

Com vista à integração de iniciativas de nível local, foi criada em 2004 a Liga Internacional de Cidades Inclusivas e Sustentáveis – ICCAR  (anteriormente denominada Liga Internacional de Cidades contra o Racismo), com o objetivo de estabelecer uma rede de cidades que promovem a partilha de experiências no âmbito da luta contra o racismo, a discriminação, a xenofobia e a exclusão.

A Iniciativa UNESCO para as Alterações Climáticas visa mitigar os efeitos das alterações climáticas, avaliar os riscos dos desastres naturais causados por mudanças climáticas e monitorizar os efeitos das alterações climáticas, nomeadamente nos sítios Património Mundial e nas Reservas da Biosfera. Esta Iniciativa pretende ainda promover a educação para o desenvolvimento sustentável, uma vez que para diminuir os efeitos das alterações climáticas e proteger o Ambiente é fundamental que a mudança se inicie na mente das pessoas – Changing Minds Not The Climate.

changing minds not the climate

Ligações úteis

Liga Internacional de Cidades Inclusivas e Sustentáveis – Boas Práticas

International Social Science Journal

Exposição “Nós e os Outros: Do Preconceito ao Racismo” no Muséé de l’Homme

Gender Youth Migration (GYM)

 

Recursos

world social science report

Relatório Mundial de Ciências Sociais

inclusive policy design

Quadro de Ação Analítica da UNESCO para a Elaboração de Políticas Inclusivas

 philosophy manual a south south perspective

Manual de Filosofia: Uma Perspetiva Sul-Sul

inclusive cities

Cidades e Acolhimento de Refugiados e Migrantes

a importancia da inclusao

A Importância da Inclusão

relatorio regional de desenvolvimento humano

Relatório Regional de Desenvolvimento Humano

assumir a desigualdade

Assumir a Desigualdade

changing minds not the climate

Mudar Mentalidades, Não o Clima

migracao livre circulacao e integracao regional

Migração, Livre Circulação e Integração Regional