Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Património Mundial em Portugal

 LISTA INDICATIVA DE PORTUGAL

Ficou hoje, dia 30 de maio,  concluído o processo de atualização da Lista Indicativa de Portugal ao Património Mundial. Datando de 2004 a anterior Lista Indicativa, a Comissão Nacional da UNESCO iniciou em finais de 2013 o processo conducente à sua atualização, no período coincidente com o mandato de Portugal no Comité do Património Mundial (2013-2017).

Conduzido pela Comissão Nacional da UNESCO, entidade responsável pelo acompanhamento no nosso país da Convenção da UNESCO para a Proteção do Património Mundial, Cultural e Natural, o processo decorreu da recomendação da UNESCO de que as Listas Indicativas  dos Estados parte na Convenção do Património Mundial sejam atualizadas a cada 10 anos. Recorda-se que as Listas Indicativas constituem um pré-requisito indispensável para a candidatura de Bens a Património Mundial.

A Lista indicativa atualizada integra os seguintes 22 Bens:

  • Aqueduto das Águas Livres
  • Caminhos Portugueses de Peregrinação a Santiago de Compostela
  • Centro Histórico de Guimarães e Zona de Couros (extensão)
  • Complexo Industrial Romano de Salga e Conserva de Peixe em Tróia
  • Conjunto de Obras Arquitetónicas de Alvaro Siza em Portugal
  • Costa Sudoeste
  • Deserto dos Carmelitas Descalços e Conjunto Edificado do Palace-Hotel no Bussaco
  • Dorsal Médio-Atlântica
  • Edifício-sede e Parque da Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa
  • Fortalezas Abaluartadas da Raia
  • Icnitos de Dinossáurios da Península Ibérica
  • Ilhas Selvagens
  • Levadas da Madeira
  • Lisboa Pombalina
  • Lisboa Histórica, Cidade Global
  • Lugares de Globalização
  • Mértola
  • Montado, Paisagem Cultural
  • Palácio e Tapada Nacionais de Mafra e Jardim do Cerco
  • Rota de Magalhães. Primeira à volta do Mundo
  • Santuário do Bom Jesus do Monte em Braga
  • Vila Viçosa, Vila ducal renascentista

PATRIMÓNIO MUNDIAL EM PORTUGAL

ARTIGO 11º

1 - Cada um dos Estados parte na presente Convenção deverá submeter, em toda a medida do possível, ao Comité do Património Mundial um inventário dos bens do património cultural e natural situados no seu território e susceptíveis de serem inscritos na lista prevista no parágrafo 2 do presente artigo. Tal inventário, que não será considerado exaustivo, deverá comportar uma documentação sobre o local dos bens em questão e sobre o interesse que apresentam.

2 - Com base nos inventários submetidos pelos Estados em aplicação do parágrafo 1 acima, o Comité deverá estabelecer, actualizar e difundir, sob o nome de «lista do património mundial», uma lista dos bens do património cultural e do património natural tal como definidos nos artigos 1º e 2º da presente Convenção, que considere como tendo um valor universal excepcional em aplicação dos critérios que tiver estabelecido. De dois em dois anos deverá ser difundida uma actualização da lista.

Convenção do Património Mundial

 

 rsz200 angra

Angra do Heroísmo nos Açores

 

rsz200 12torrebelem

 Jerónimos e Torre de Belém

rsz200 batalha

            Mosteiro da Batalha

 rsz200 convento de cristo

 Convento de Cristo em Tomar

 

rsz200 evora

     Centro Histórico de Évora

rsz200 alcobaca

Mosteiro de Alcobaça

rsz200 sintra

   Paisagem Cultural de Sintra

rsz200 porto

      Centro Histórico do Porto

 rsz200 coa

Coa e Siega Verde

 rsz200 laurissilva

   Floresta Laurissiva na Madeira

 rsz200 guimaraes

  Centro Histórico de Guimarães

 rsz200 douro

Alto Douro Vinhateiro

 rsz200 pico

Paisagem da Vinha da Ilha do Pico

 rsz200 elvas

       Elvas e suas Fortificações 

 rsz200 coimbra

     Universidade de Coimbra

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Logo RPMPT                       rede patrimonio

 

A 18 de julho de 2014, na Sala dos Capelos da Universidade de Coimbra, a Comissão Nacional da Unesco e os quinze gestores inscritos nos monumentos e sitios inscritos na lista de Património Mundial da UNESCO assinaram o acordo de cooperação para a Criação da Rede do Património Mundial de Portugal.

O património cultural e natural faz parte dos bens inestimáveis e insubstituíveis de toda a humanidade. A perda, por degradação ou desaparecimento, desses bens preciosos constitui um empobrecimento do património de todos os povos do mundo. Pode-se reconhecer, com base nas respetivas qualidades notáveis «um Valor Universal Excecional» a certos elementos do referido património que, por essa razão, merecem ser especialmente protegidos contra os perigos cada vez maiores que os ameaçam. Importa então, criar as condições, para um caminho que as regiões onde se inserem estes bens têm que percorrer nas próximas décadas assegurando o seu estatuto de Património Mundial mas também estimulando a economia e mobilizando as suas gentes no sentido de gerar valor desse reconhecimento internacional. 
Assumir os bens e as regiões onde se inserem como um todo, com uma oferta integrada, qualificada e complementar capaz de oferecer um património, uma cultura com os seus saberes fazer e artes, assim como os seus produtos endógenos, deve ser uma clara opção estratégica muito apoiada nestes bens Património Mundial que as diferenciam.
Partilhar experiências e saberes adquiridos ao longo dos últimos anos na gestão de bens tão diferentes e apelar à inteligência coletiva, à coordenação da ação no sentido de assegurar a participação ativa e construtiva é o que move os Gestores de bens Patrimoniais e a criação da Rede Património Mundial de Portugal.

 

               Página oficial da Rede do Património Mundial de Portugal

 

               Facebook da Património Mundial de PortugalPatrimónio Mundial de Portugal

               

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------            

                                                                     LEGISLAÇÃO DA UNESCO

 

Convenção da UNESCO sobre a Protecção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, Paris, 2005 

 

Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Património Imaterial, Paris, Outubro 2003                                                  

 

Convenção para a Protecção do Património Cultural Subaquático, Paris, 2001 

 

Convenção para a Protecção do Património Mundial, Cultural e Natural da UNESCO, Paris, 1972

 

Convenção Relativa às Medidas a Adoptar para Proibir e Impedir a Importação, a Exportação e a Transferência Ilícitas da Propriedade de Bens Culturais, Paris, Novembro 1970 

 

Convenção para a Protecção dos Bens Culturais em Caso de Conflito Armado, Haia, 1954 

 

Convenção Universal sobre Direitos de Autor, Genebra, 1952 

(Revista em Paris, Julho 1971)

 

Diário da Republica - Convenção Imaterial 

Decreto do Presidente da República n.o 27-B/2007

Decreto do Presidente da República n.º 28/2008

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

EstudoValorUNESCO

Estudo sobre o valor económico da ligação às redes da UNESCO em Portugal

O Estudo sobre o valor económico de ligação às redes da UNESCO em Portugal procura, pela primeira vez em Portugal, quantificar em termos de custos e benefícios o valor económico da ligação às redes dos sítios do património mundial, dos geoparques, das reservas da biosfera e das cátedras UNESCO.

Pretende ser um primeiro passo que permite, de uma forma quantificada, conhecer melhor as potencialidades e/ou dificuldades que se apresentam a cada uma das classificações que integram as redes UNESCO, bem como efetuar sugestões para eventuais melhorias. Resulta de uma parceria entre a Comissão Nacional da UNESCO e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que contou com a colaboração dos gestores portugueses.

Aceda aqui ao Estudo UNESCO

 

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Capa Brochura WHPT

 Leia a publicação aqui