Comissão Nacional da UNESCO

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Alto Douro Vinhateiro

ALTO DOURO VINHATEIRO

[Data de inscrição: 2001 ! Critérios: (iii) (iv) (v)]

 

rsz400 Douro

     © Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte

O Alto Douro Vinhateiro é uma zona particularmente representativa da paisagem que caracteriza a vasta Região Demarcada do Douro, a mais antiga região vitícola regulamentada do mundo. A paisagem cultural do Alto Douro combina a natureza monumental do vale do rio Douro, feito de encostas íngremes e solos pobres e acidentados, com a ação ancestral e contínua do Homem, adaptando o espaço às necessidades agrícolas de tipo mediterrâneo que a região suporta. Esta relação íntima entre a atividade humana e a natureza permitiu criar um ecossistema de valor único, onde as características do terreno são aproveitadas de forma exemplar, com a modelação da paisagem em socalcos, preservando-a da erosão e permitindo o cultivo da vinha.

A região produz o famoso vinho do Porto, representando o principal vetor de dinamização da tecnologia, da cultura, das tradições e da economia local. O grande investimento humano nesta paisagem de singular beleza tornou possível a fixação das populações desde a longínqua ocupação romana, e dele resultou uma realidade viva e em evolução, ao mesmo tempo testemunho do passado e motor do futuro, solidamente ancorado na otimização dos recursos naturais e na preservação das ambiências.

 

BOAS PRÁTICAS

 Douro1

Avaliação do Estado de Conservação do Alto Douro Vinhateiro Património Mundial (ADV)

O estudo Avaliação do Estado de Conservação do ADV (2013) avalia a manutenção da integridade e autenticidade do bem e do seu Valor Universal Excepcional, definindo orientações para a sua gestão e desenvolvimento sustentáveis. O Estudo foi realizado por especialistas universitários e acompanhado por entidades públicas/privadas, no sentido de se definir uma estratégia comum para preservar e promover a paisagem cultural. 
 Douro2-2

 Manual SUVIDUR de Boas Práticas Vitícolas

O Manual de Boas Práticas Vitícolas incide sobre a produção economicamente viável de uvas de qualidade com recurso a métodos ecologicamente sãos, preservando o ambiente e a saúde humana, pela utilização racional de produtos fitossanitários certificados Integra o projeto SUVIDUR (Sustentabilidade da Viticultura de Montanha nas Regiões Douro e Duero), suportado pelo Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal (POCTEP).

 Douro3

Projecto ViTour Landscape

O Projeto ViTour Landscape integra 10 regiões vinhateiras Europeias Património Mundial UNESCO (Alemanha, Áustria, França, Hungria, Itália, Portugal e Suíça) para incentivar a preservação e valorização das paisagens culturais vitivinícolas, a troca de experiências e melhores práticas em inovação, ambiente e prevenção de riscos, possibilitando o desenvolvimento de orientações estratégicas e duma metodologia comum para a sua implementação. Foi criada uma base de dados para divulgação das melhores práticas (http://db.vitour.org/), e o Guia Orientações Europeias para a Preservação e Valorização de Paisagens Culturais Vinhateiras foi publicado em várias línguas.

 Douro4  

Rota Douro Ibérico do Património Mundial

A Rota Douro Ibérico do Património Mundial é um projeto liderado pela Fundação Rei Afonso Henriques (FRAH) que reúne 10 sítios Património Mundial situados na Região Norte de Portugal e em Castela-Leão (Espanha). A Estrutura de Missão do Douro cooperou na elaboração do Plano de Marqueting da Rota, incluindo um website